Rio – O depoimento da ex-mulher do fiscal da secretaria de Fazenda do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo Pereira Ramos, foi lido ontem por um oficial de Justiça no prédio da Justiça Federal, no Centro da capital, na presença do juiz Lafredo Lisboa e de dois promotores do Ministério Público Federal. A testemunha foi mantida em um local reservado por questões de segurança respondendo às perguntas somente pelo microfone.

No depoimento feito sob sigilo à Polícia Federal em sua casa em Campinas, a testemunha confirmou que viajou à Suíça com seu ex-marido em outubro de 1997. Viajaram na companhia do também fiscal Rômulo Gonçalves e sua mulher. Ela também confirmou ser beneficiária da conta 182 132 ZU do Descount Bank em Zurique, no qual o titular era seu ex-marido. Essa conta, segundo ela, foi encerrada em 7 do janeiro de 1998. A ex-mulher do fiscal disse ainda que viveu com Carlos Eduardo durante 15 anos.