O sargento da Aeronáutica Carlos Trifilio afirmou nesta terça-feira (21) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara que "já foi mais seguro voar, mas com a retirada de controladores experientes de suas funções, o sistema deixa a desejar". Trifilio é também presidente da Federação das Associações Brasileiras de Controladores de Tráfego Aéreo e está afastado de sua função de controlador.

O sargento tentou explicar aos parlamentares a greve dos controladores ocorrida no fim de março. "Sofremos coação moral no dia 30 de março em Brasília e outras localidades. Fomos forçados a manter os postos de trabalho independente da segurança. Na recusa de trabalhar, gerou-se o que se chama hoje de motim", disse Carlos Trifilio.