Depois de dois anos com o mesmo valor, a Netflix anunciou novo reajuste em seus planos de assinaturas. O aumento chega em até 22% e faz o serviço de streaming ser o mais caro da categoria. Os novos valores entram em vigor a partir da renovação da assinatura. Confira abaixo a tabela reajustada.

VIU ESSA? Receita libera consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda

Novos preços da Netflix em 2021

Básico (acesso uma tela): de R$ 21,90 para R$ 25,90;

Padrão (acesso duas telas simultaneamente e vídeo com qualidade em Full HD): de R$ 32,90 para R$ 38,90;

Premium (acesso até quatro telas simultaneamente e vídeo com qualidade em 4k): de R$ 45,90 para R$ 55,90.

A Netflix deve avisar seus assinantes sobre o reajuste nos próximos 30 dias, dando o prazo de 30 dias para decidir alterar ou não o plano, ou optar pelo cancelamento. O novo preço a ser cobrado dependerá do ciclo de faturamento de cada assinante. Para quem não é assinante, o valor já entra em vigor.

Mais caro da categoria

Com o novo reajuste, a Netflix é o streaming mais caro da categoria. Seus principais concorrentes oferecem assinaturas mais atrativas e podem conquistar novos assinantes, é o caso do Disney+ (R$ 27,90); Amazon Prime Video (R$ 9,90), Paramount+ (R$ 19,90) e o recente HBO Max (plano a partir de R$ 19,90).

Qual é a justificativa?

Em nota para o UOL, o serviço de streaming explica que o novo preço tem como objetivo continuar trazendo conteúdos originais, mais opções de entretenimento e investir em produções para videogame. “Estamos mais comprometidos do que nunca em oferecer uma experiência que além de atender, supere as expectativas dos nossos assinantes”, informa a Netflix.