As operações de aterrissagem no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, ficaram suspensas por quase uma hora nesta manhã, entre 8h06 e 8h59, por conta da baixa visibilidade causada pela neblina que encobria a região. As decolagens não foram prejudicadas.

Às 9 horas, o aeroporto voltou a operar por instrumentos – quando o piloto necessita de equipamentos eletrônicos para alinhar a aeronave com a pista. Segundo boletim da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), das 28 partidas previstas até as 9 horas, uma registrou atraso. Não houve registro de cancelamentos.