A Prefeitura de Curitiba liberou ao trânsito nesta sexta-feira (14) a nova trincheira entre os bairros Jardim das Américas e Cajuru, na BR 277. A obra completa o binário Capão da Imbuia/Hauer, que reorganiza o trânsito ao longo de 8,6 quilômetros e acaba com os congestionamentos na confluência de vias urbanas com a BR 277 perto do shopping Jardim das Américas e do Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná.

"Com os novos binários e a Linha Verde, Curitiba ganha um salto de qualidade no transporte e no trânsito, com mais segurança, conforto e rapidez", diz o prefeito Beto Richa.

Agora a trincheira da rua Marcos Smanhotto opera em mão única no sentido Cajuru/Jardim das Américas. O sentido contrário é feito pela nova trincheira que liga as ruas Rodolfo Senff, no Jardim das Américas, e Reinaldo Issberner, no Cajuru.

Motoristas que transitam pela região devem ficar atentos às alterações no sentido de trânsito implantado nestas ruas na manhã desta sexta-feira (14). A rua Marcos Smanhotto passou a ter sentido único entre a rua Duarte Cesino de Medeiros, que fica no Cajuru, e a avenida Nossa Senhora de Lurdes, no Jardim das Américas.

Também estão com sentido único a última quadra da rua Rodolfo Senff, entre a avenida Nossa Senhora de Lurdes e a BR 277, no Jardim das Américas, e a primeira quadra da rua Reinaldo Issberner, entre a BR e a rua Procópio Ferreira Martins, no Cajuru. Com isso a rua Reinaldo Issberner passou a ter sentido único em toda a sua extensão. Desde a semana passada esta rua é preferencial em todos os cruzamentos.

A mudança de sentido das ruas no Cajuru começou a ser feita na quinta-feira (6) da semana passada, preparando a abertura da nova trincheira. No lado do Jardim das Américas a Prefeitura está terminando obras de adequação de ruas no entorno do Shopping Jardim das Américas, direcionando o trânsito de acordo com o novo sentido.

Binário – A nova trincheira e a mudança de sentido das ruas no entorno da BR 277 consolidam o binário Capão da Imbuia/Hauer, formado por 11 ruas dos bairros Capão da Imbuia, Cajuru, Jardim das Américas, Guabirotuba e Hauer. Ao longo deste trajeto passam 30 linhas de ônibus, incluindo a Inter 2, a mais carregada do sistema e que faz a travessia entre os dois bairros, o que agora será feito em sentido único de trânsito, tanto na ida quanto na volta.

Paralelo à Linha Verde (antiga BR 116) o binário, a partir do Hauer, começa na rua Julio César Ribeiro de Souza, segue pela José Rietmeyer e continua na Coronel Francisco Heráclito dos Santos, seguindo pelas ruas Frei Rogério, Rodolfo Senff/Reinaldo Issberner, Miguel Calluf e Professor Nivaldo Braga, com acesso ao Terminal Capão da Imbuia.

A volta é feita a partir da Nivaldo Braga pelas ruas Miguel Calluf, Sesinando Chaves, São Vicente Palotti, Marcos Smanhoto e, de novo, Francisco H. dos Santos, José Rietmeyer e Julio César Ribeiro de Souza, até a avenida Marechal Floriano, no Hauer.

As ruas que fazem parte do binário foram totalmente revitalizadas, com nova pavimentação, pistas mais largas, calçadas novas, meio-fio, iluminação, rampas que facilitam o acesso a pessoas com deficiência e paisagismo com plantio de mais de 500 árvores. Com a entrada da nova trincheira em operação, o binário está liberado ao tráfego em toda a sua extensão.

O binário Capão da Imbuia/Hauer integra um conjunto de obras previsto no Programa de Transporte Urbano (PTU) implantado pelo prefeito Beto Richa a partir do ano passado com a construção de outros três grandes binários – Mario Tourinho, Avenida Brasília e Santa Bernadethe, que também entraram em operação neste ano. Juntos, os quatro binários representam um investimento de R$ 30,6 milhões, têm 18,6 quilômetros de extensão e envolvem 26 ruas de 14 bairros.