Dos 1.127 vôos previstos para esta quarta-feira (25) em aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), 420 (37,2%) atrasaram mais de uma hora e 235 (22,4%) foram cancelados, segundo informações de boletim divulgado à tarde pela empresa. No período da manhã, o número de vôos atrasados chegou a 26,67% e o cancelados, a 19,21%.

Com exceção de Congonhas, todos os outros aeroportos apresentam número de atrasos superior a 29%. O Aeroporto Internacional de Brasília tem o maior número relativo de vôos atrasados. Das 76 decolagens previstas para nesta quarta-feira, 48 (63,1%) tiveram atrasos superiores a uma hora e 10 (13,1%) foram canceladas.

No Aeroporto de Cofins, na região metropolitana de Belo Horizonte, 26 (50,9%) decolaram uma hora depois do horário previsto. Em Fortaleza, esse número chega a 22 (62,8%), em Salvador, a 31 (51,6%) e em Recife, a 21 (46,6%).

No Rio de Janeiro, dos 107 vôos previstos para hoje no Aeroporto do Galeão, 46 (42,9%) atrasaram e 13 (12,1%) foram cancelados.

Nos demais aeroportos do país, a quantidade de vôos atrasados fica entre 44,4%, como em Goiânia, e 29,1%, caso do Aeroporto de Manaus.