Com toda a atenção dedicada ao atentado contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que levou uma facada durante a campanha em Juiz de Fora-MG, os brasileiros acabaram deixando passar uma série de coisas importantes que aconteceram desde o meio da tarde da quinta-feira (6). Por isso, a Tribuna ajuda você a recuperar o que passou desapercebido.

Confira o que de mais importante aconteceu enquanto o Brasil estava parado tentando entender o que aconteceu com Bolsonaro.

Atentado tem consequências

O presidente Michel Temer pediu maior segurança para os candidatos à presidência da república e pediu ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, reforço da Polícia Federal, além de solicitar a apuração rigorosa dos fatos ocorridos em Juiz de Fora.

Incêndio no Museu Nacional

Temer quer também tirar a administração do Museu Nacional das mãos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) após empresários e banqueiros demonstrarem preocupação com a gestão da entidade.

Greve dos caminhoneiros

Resultado da greve dos caminhoneiros, em maio, a tabela do frete passará a ser fiscalizada já a partir deste feriado da pátria. A urgência e a pressão da categoria são tamanhas que o governo publicou ontem uma edição extra do Diário Oficial para dar embasamento jurídico à atuação dos fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Futebol paranaense

O nosso Trio de Ferro tem seus trunfos e percalços. No Atlético, a celebração é virtual. Em boa fase mesmo após ser derrotado na última partida diante do Palmeiras, o Furacão comemora a marca de 2,1 milhões de seguidores nas redes sociais, que o coloca na frente dos rivais da cidade.

Afundado na lanterna do Brasileirão, o Paraná tem ambiente interno conturbado. Torcedor que tentou entrar no último jogo, contra a Chapecoense, com faixa de protesto contra o diretor de futebol do clube, Rodrigo Pastana, foi impedido e soltou o verbo.

Já o Coritiba tenta uma arrancada rumo ao G4 da Série B, mas se o time não tem grandes novidades, pelo menos o Coxa não deu armas a um rival, já que a transferência de Kléber Gladiador para o São Bento acabou dando n’água.

Brasileirão

A quinta marcou também o fechamento da 23ª rodada do Brasileirão. Foram dois empates, entre Fluminense e Vitória e entre Santos e Grêmio, além do triunfo do América-MG sobre o Vasco. Veja como ficou a tabela do campeonato.

Seleção

Na preparação da Seleção Brasileira para os amistosos diante dos Estados Unidos e de El Salvador, o técnico Tite encerrou o famoso ‘rodízio de capitães’ e definiu Neymar como o dono da faixa. A CBF confirmou também outros dois amistosos, entre eles um com a nossa arqui-rival Argentina, em outubro.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Em vídeo, Bolsonaro agradece o ‘Brasil’ antes de transferência para São Paulo