Rio – O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio de Janeiro, Octávio Gomes, disse ontem que a Polícia Federal está exagerando em suas operações deflagradas em todo o País durante este ano. "Temos de louvar o trabalho da PF, mas acho que estão exagerando. Não acredito que seja necessário algemar os presos, por exemplo, porque não são bandidos de alta periculosidade, prontos para sacar uma arma". De acordo com o Departamento de Comunicação Social da Polícia Federal, 313 pessoas já foram presas nas investigações. A campeã em prisões foi a Operação Farol da Colina, com 65 detidos, com o objetivo de combater a sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.