Brasília – Os parlamentares dos partidos de oposição que integram a CPMI dos Cartões Corporativos ? DEM, PSDB, P-SOL e PPS ? pediram nesta quarta-feira (2) à presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), que coloque amanhã (3) na pauta de votação todos os requerimentos já apresentados, tanto os de convocação quanto os de investigação e quebra de sigilo.

?Trabalharemos madrugada adentro, se for necessário, para votar esses requerimentos?, afirmou o deputado Vic Pires (DEM-PA), ao sair do almoço na casa da senadora onde foi discutida uma estratégia para a votação de requerimentos na CPMI.

A senadora Marisa Serrano ponderou, no entanto, que só poderia acatar o pedido dos parlamentares depois de ouvir os demais membros da comissão, ou seja, a base governista.

A presidente da comissão adiantou que amanhã (3) colocará em votação os 35 requerimentos de convocação para audiência, entre eles o de Erenice Guerra, secretária executiva da Casa Civil, acusada de ser a suposta responsável pela coleta de informações do banco de dados da Presidência da República.