Belém – Já são quatro, os mortos por raiva humana em Portel, no arquipélago do Marajó, Norte do Pará. Duas pessoas que estavam internadas com a doença no Hospital Universitário João de Barros Barreto, em Belém, morreram ontem: Mailson Moura de Souza, de 11 anos, em coma havia 15 dias e Luiz da Silva Gonçalves, de 29, que deu entrada no hospital no dia 26. As outras vítimas morreram antes de atendimento médico.