O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que o apagão que atingiu boa parte do País na noite de ontem pode ter sido causado por uma fragilidade do sistema elétrico, que, segundo ele, “precisa ter uma concepção mais moderna”. “O que se discute atualmente é passarmos para uma nova etapa em matéria de tecnologia, de consumo de energia, do sistema elétrico como um todo, como já existe na Europa hoje. O enfoque não deve ser somente na produção de energia, mas também em relação ao consumo, às formas de consumo, a equipamentos mais modernos. Deve-se otimizar o sistema”, disse o senador.

Sarney observou que a hidrelétrica de Itaipu oferece uma das tecnologias “mais avançadas do mundo”, e que o apagão de ontem mostra “certa fragilidade” do sistema elétrico do País. Questionado se o ocorrido pode ter sido fruto de “sabotagem”, Sarney respondeu: “Não, acho que deve ter sido algum problema técnico, porque o Brasil não tem nenhum ambiente atual para qualquer medida dessa natureza. Acho que isso é apenas um acidente mesmo. Raro, não é? Ultimamente nós não temos tido fato dessa natureza”.