Fortaleza – O procurador da República, Francisco dos Santos Sobreira, pediu ontem a prisão do prefeito de Fortaleza, Juraci Magalhães (PMDB), devido ao nã- pagamento de precatórios. O pedido está sendo julgado pelo desembargador Luiz Alberto Gurgel, do Tribunal Regional Federal, da 5.ª Região, com sede no Recife. O prefeito ainda não foi notificado do processo e após a notificação terá 15 dias para apresentar sua defesa.