Depois que um erro de leitura de uma das bolas sorteadas pela Caixa no concurso 2169 da Lotomania, parece que a bruxa anda solta no Espaço Loterias da Caixa. Nesta sexta-feira (23), um novo erro na “cantada” das bolas, dessa vez no concurso 2172 da mesma Lotomania, causou confusão entre quem acompanhava o sorteio ao vivo nas transmissões realizadas pela Caixa no Youtube.

+ Quer acompanhar o resultado de todas as loterias do dia? Clique aqui!

Durante o sorteio, a 10ª bola foi cantada como 42. O gerador de caracteres da transmissão confirmou o número na lista das dezenas sorteadas. No entanto, o número da bola era 82. O apresentador Ferreira Júnior se confundiu e o sorteio “terminou” como 11 bolas cantadas (nem couberam no espaço destinado aos números sorteados e mostrados na tela). Os internautas que acompanham o sorteio novamente criticaram a Caixa pelo erro.

Veja como foi:

Na conferência dos números sorteados, feita cinco vezes durante todo o processo, o apresentador foi avisado do erro e fez nova conferência, dessa vez com a câmara focalizando bem os números que saíram do globo da sorte. Os auditores populares, após as conferências, confirmaram o resultado do sorteio. Em seguida, o gerador de caracteres foi arrumado e apresentou o resultado correto, sem a dezena 42.

Número 42 não foi sorteado, mas “cantado”
Números corretos, com a dezena 20, que tinha ficado de fora da tela anterior

A confusão atrasou o sorteio da terceira loteria da noite, Quina, que começou após a equipe interna da Caixa conseguir validar o resultado da Lotomania com a matriz da Caixa, em Brasília.

Na terça-feira, dia 13 de abril, um erro semelhante acabou gerando muita confusão entre os apostadores que acompanhavam o sorteio. Apesar de ter sido apenas uma confusão na leitura da bola sorteada, corrigida posteriormente, a sequência de erros foi o problema. Os auditores populares, que estão ali justamente para validar a lisura do processo, não viram o erro e validaram o resultado errado.

A Tribuna entrou em contato com a Caixa e pediu um posicionamento sobre a atuação dos auditores populares. A Caixa respondeu dizendo que “É atribuição dos auditores conferir a colocação e a sequência numérica correta das bolas nos repositórios dos globos e validar os números sorteados. Após a correção pelo locutor, todos os números sorteados foram confirmados novamente pelos auditores, conforme também pode ser visto nas imagens disponibilizadas”.

Ainda não satisfeito com o retorno, a reportagem pediu um responsável pelos auditores para explicar como funciona o processo de seleção dos auditores e a o trabalho deles em si. Em breve você confere esse conteúdo aqui na Tribuna.