O senador Jefferson Péres (PDT-AM) afirmou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, assumiu o compromisso com os senadores da base aliada de adoção de um cronograma de redução gradual da alíquota da CPMF. Segundo ele, o ministro também se comprometeu de enviar um o projeto de lei ao Congresso Nacional prevendo limites para a expansão dos gastos correntes do governo. Esses compromissos estão sendo negociados em reunião, esta manhã, na liderança do governo no Senado. Péres deixou a reunião e deu essas declarações. Ele informou que o ministro precisa enviar um memorando ao líder do governo no Senado, Romero Jucá, oficializando os dois compromissos.

De acordo com Péres, ainda não foram definidas as formas de redução gradual da alíquota. "Não pode ser algo simbólico, como 0,01 ponto porcentual. Aí é brincadeira", comentou o senador. Na sua avaliação, é preciso que seja uma redução anual de 0,03 ponto porcentual. Hoje, a alíquota da CPMF é 0,38% O senador afirmou que, com esses compromissos assumidos, votará a favor da prorrogação da CPMF, mas destacou que é necessário o envio do memorando. Do contrário, votará contra.