Brasília – A Petrobras lançou nesta quarta-feira (21), no Palácio do Planalto, o programa Desenvolvimento e Cidadania, que financiará até 2012 projetos voltados para a diminuição da pobreza, o atendimento de jovens e crianças e a promoção da qualificação profissional.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que com a iniciativa a estatal divide parte de seu lucro com a sociedade. ?A medida que ela ganha muito dinheiro, repassa um pouco desse dinheiro. Isso significa que vai ter mais pão na mesa das pessoas pobres deste país?, disse em entrevista à imprensa.

De acordo com a Petrobras, serão investidos R$ 1,2 bilhão no programa, que pretende atender cerca de quatro milhões de pessoas diretamente e outras 14 milhões de forma indireta.

O presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli, afirmou que a estatal quer incluir na economia a parcela da sociedade que está de fora do desenvolvimento do país.

Algumas das metas da estatal são: 50% das propostas selecionadas priorizem jovens entre 15 e 29 anos, 20% dos participantes dos projetos de qualificação profissional entrem no mercado de trabalho, 60% das crianças e adolescentes melhorem o desempenho escolar e que a renda dos beneficiados aumente mais que o dobro.