Recife

– Uma megaoperação envolvendo 120 homens da Polícia Federal de Brasília parou o Recife na manhã de ontem. Foram cumpridos 15 dos 16 mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal, que determinou, ainda, 24 ações de busca e apreensão. Nestas, a polícia recolheu uma grande quantidade de documentos e computadores. Os acusados da “Operaçao Vassourinha”, como foi denominada pela PF, são empresários, secretários municipais, policiais federais e um policial civil. Eles são acusados de fraude em licitações, peculato, falsificação de documentos públicos, furto, formação de quadrilha e até contrabando de cigarros.

A relação oficial dos presos ainda não foi divulgada pela Polícia Federal. Entre eles estão o secretário de Finanças de Jaboatão dos Guararapes (Grande Recife), Paulo Varejão, dirigentes da empresa estatal de transportes daquele município, além de um delegado e dois agentes da Polícia Federal lotados em Pernambuco.