Quando as novas placas no formato Mercosul foram anunciadas, uma verdadeira nação de colecionadores de carros antigos se revoltou. Os modelos apresentados acabavam com o “selo placa preta“, identificação visual das placas que identificava os modelos cultuados pelo antigomodelismo. Agora, uma consulta pública feita pelo Governo Federal poderá devolver aos amantes dos carros clássicos a sensação de ter um legítimo “placa preta” na colação.

+ Leia também: Explosão misteriosa, seguida de tremor de terra, assusta moradores de Colombo

Pelo site Participa + Brasil os brasileiros poderão escolher entre dois modelos disponíveis para votação. O objetivo é alterar a resolução do CONTRAN número 780, de 26 de junho de 2019, que dispõe sobre as novas placas de identificação. O texto proposto busca prever a utilização restrita em território nacional da placa preta para carros que mantenham 80% de sua originalidade.

Modelo 1

Modelo 2

>>> Clique aqui para votar (precisa se um usuário Gov.br)

Segundo o Governo Federal, “um dos pilares em que se sustenta o processo regulatório da Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN) e do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) é o da participação social. A elaboração de normativos ligados ao trânsito afeta direta ou indiretamente todo cidadão brasileiro e, portanto, faz-se necessário submeter à apreciação da sociedade as minutas de portarias e resoluções a serem editadas por esses órgãos”.

+ Leia mais: Por sugestão dos moradores, novo semáforo começa a funcionar no Boqueirão

A consulta pública para a escolha do novo modelo Mercosul das placas pretas começou no dia 22 de outubro e vai até o próximo dia 21 de novembro.