A Polícia Civil do Amazonas prendeu hoje ao menos 28 pessoas acusadas de fazer parte de uma suposta quadrilha especializada em roubo de carros de luxo em Parintins e Manaus. Foram cumpridos 60 mandados de prisão e busca e apreensão durante a Operação Mercúrio.

Além de roubo de veículos, o grupo é suspeito de clonar documentos, com apoio de dois despachantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), e de tráfico de entorpecentes. As investigações começaram há seis meses. Os detidos foram autuados por formação de quadrilha, falsificação de documentos públicos, roubo e tráfico drogas.