A Polícia Federal concluiu inquérito e indiciou Jaeder Silveira dos Santos e Jorge Luiz Tabory pelo assassinato de três funcionários da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Rondonópolis em novembro, segundo informações da TV Globo. A pró-reitora Soraiha Miranda Lima, o prefeito do câmpus local Luiz Mauro Pires Russo e o professor de zootecnia Luís Mauro Pires Russo foram assassinados no dia 28 de novembro em frente à casa da funcionária quando retornavam de uma viagem de trabalho. A perícia comprovou que os tiros que mataram os três servidores da UFMT partiram da arma encontrada com Silveira. Em depoimento, ele confessou o triplo homicídio e apontou Tabory, o motorista da universidade, como mandante.