A Polícia Federal prendeu mais cinco pessoas suspeitas de invadirem contas via Internet e, com isso, subiu para 23 o total de hackers detidos. Dois deles foram presos em São Paulo, um no Rio de Janeiro e os demais no Nordeste, nos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, informou a Polícia Federal em Natal, que chefia a Operação Colossus. A ação ocorre em cinco Estados desde a manhã e visa desarticular uma quadrilha especializada em utilizar a internet para furtar senhas de correntistas de bancos e falsificar cartões de crédito.

Estão sendo cumpridos 41 mandados de busca e apreensão e 29 mandados de prisão no Rio Grande do Norte, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Paraíba. O nome da operação é uma referência ao computador Colossus usado na II Guerra Mundial para decifrar os códigos da inteligência nazista.