Dois agentes da Polícia Federal estiveram nesta tarde visitando a sede da transportadora Transmagno e da Halliburton, empresa americana contratada pela Petrobras para fazer testes nos campos de petróleo de Tupi e Júpiter, na bacia de Santos. Os policiais nada falaram sobre a conversa que tiveram com os diretores das respectivas empresas. Nem tampouco esses diretores serão convidados a prestar depoimentos.

Na sede da Polícia Federal, em Macaé, a delegada Carla Dolinski tomou depoimento de quatro empregados de empresas relacionadas ao desaparecimento dos quatro notebooks e 2 discos rígidos com informações sobre os poços recém-descobertos. Não foi prestada nenhuma informação à imprensa sobre a identidade dos funcionários ou mesmo as empresas às quais eles estão ligados.