Cinco pessoas foram presas ontem durante uma operação para desarticular uma quadrilha especializada em roubo a residências em Embu-Guaçu, na Grande São Paulo. Segundo a polícia, uma das suspeitas seduzia as vítimas para obter informações pessoais.

A prisão dos suspeitos aconteceu após meses de investigação. A polícia informou que uma das presas, de 28 anos, se aproximava das vítimas e as seduzia para conseguir detalhes sobre seus bens e a rotina que levavam. As informações então eram passadas para o restante da quadrilha.

Ao todo foram presos quatro homens e a mulher apontada como a responsável por se aproximar das vítimas. Com eles, foram apreendidas quatro armas e objetos que a polícia acredita ser fruto dos roubos. Entre os objetos está um relógio que, segundo a polícia, vale cerca de R$ 40 mil.