Brasília

– A Polícia de Goiânia está investigando a possibilidade de Vilma Martins ter seqüestrado três (e não dois) filhos. Os investigadores estão se baseando nas diferenças físicas entre ela e Carla Beatriz, de 32 anos. O maior indício para os investigadores é a falta de semelhança física entre Carla e a suposta mãe. Carla mora na Itália e tem uma filha de 15 anos que vive com Vilma em Goiânia. Na semana passada, exame de DNA comprovou que Roberta Jamilly não é filha dela. Mas Aparecida Fernanda, roubada de uma maternidade em Goiânia em 1979. No ano passado, foi confirmado que Oswaldo era Pedrinho, seqüestrado de um hospital em Brasília em 1986, com poucas horas de vida.