Brasília (AE) – Apesar de só administrar 194 dos 5.563 municípios do País (2,76%), o PT é o grande beneficiado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) do governo federal. Dos 155 municípios atendidos pelo programa e que veiculam propaganda no rádio e na televisão, 42 são do PT, 36 do PSDB, 26 do PMDB, 17 do PFL e 34 de outros partidos, como PSD, PDT e PTB, de acordo com dados do próprio Ministério da Saúde. Ou seja, o PT tem 27,09% das prefeituras que dispõem do serviço de ambulâncias do governo federal.

De acordo com o ministério, o Samu/192 é um serviço de socorro pré-hospitalar móvel que chega rapidamente às pessoas, em qualquer lugar, após um acidente ou qualquer problema de saúde urgente que possa levar ao sofrimento ou até mesmo à morte. O atendimento é feito por equipes de profissionais de saúde que recebem as chamadas gratuitas feitas pelo telefone 192. Os pedidos de socorro são atendidos nas centrais por um médico, presente 24 horas por dia, que determina se a pessoa que procurou o serviço deve ser internada ou atendida por um profissional, em casa.

Mesmo tendo o PT menos de 3% das prefeituras do País e uma parcela superior a 27% do Samu/192, o governo federal afirma que não há privilégio ao partido.