Foi preso na última sexta-feira, 27, José Ferreira de Freitas, de 59 anos, acusado de integrar uma quadrilha que derrubou sete torres de distribuição de energia elétrica do chamado ‘Linhão’ desde novembro do ano passado, em Sena Madureira (AC). Ao todo, nove torre foram sabotadas, segundo a polícia. As informações são da Agência de Notícias do Acre.

No último dia 22, quatro torres de distribuição foram cerradas próximo à Vila Custódio Freire, que fica em Rio Branco. Cerca de 40 mil pessoas em Sena Madureira e comunidades vizinhas ficaram sem luz por quase três dias.

Segundo a polícia, José foi preso em uma área rural do município de Rio Branco tentando extorquir R$ 50 mil da Eletrobrás Distribuição Acre para que não derrubasse outras torres. José Freitas estava com o aparelho de celular que usou para estabelecer informações da extorsão que aplicou contra a Eletrobrás.