Foto: Arquivo/O Estado

 Representação contra Dirceu ainda depende de análise da CCJ.

A votação da representação contra o ex-ministro da Casa Civil e deputado José Dirceu (PT-SP) está prevista para amanhã, às 18h. O relatório do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar acolheu os argumentos da representação do PTB, que acusa o deputado de ter articulado o pagamento a parlamentares para que votassem a favor do governo. A votação do parecer, que recomenda a perda do mandato, será secreta. Para ser declarada a perda do mandato, o parecer – que recomenda a cassação – deve obter pelo menos 257 votos. A votação ocorrerá por meio de cédulas depois de o relator, o advogado e o acusado discursarem e os deputados discutirem o tema.

A votação do processo pelo plenário depende, no entanto, da análise de recurso de Dirceu à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), marcada hoje. O parlamentar entrou ainda com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a votação do processo na Câmara.