Cerca de 50 policiais continuam percorrendo a favela da Grota, na zona norte do Rio, à procura do corpo do jornalista da TV Globo, Tim Lopes. Na parte alta do morro foram encontrados, há pouco, fragmentos de ossos próximos a um lago, onde, para a polícia, os traficantes deixam corpos de inimigos executados. Os ossos, bastante antigos, não seriam de Lopes, segundo o delegado substituto da 38ª Delegacia de Polícia  em Brás de Pina, Daniel Goulart.     

O delegado disse ainda que existem restos mortais dentro do lago, já que foram encontrados sapatos de vítimas de traficantes no local. A polícia não tem indicações precisas de onde o corpo do jornalista teria sido deixado, por isso, está fazendo uma varredura na favela com o auxílio de um helicóptero.