O comando da Agência Espacial Brasileira (AEB) vai continuar com o PSB, depois da nomeação de Sérgio Gaudenzi para a presidência da Infraero.

Gaudenzi foi chamado para a AEB pelo então ministro de Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, hoje governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, e foi mantido no cargo pelo atual ministro Sérgio Rezende. Com sua ida para a Infraero, caberá a Rezende, também filiado ao PSB, indicar o sucessor de Gaudenzi na AEB.