A presidente nacional do PSOL, Heloísa Helena, e os deputados federais Fernando Gabeira (PV-RJ) e Luciana Genro (PSOL-RS), participaram nesta terça-feira (3) de mais um ato da campanha "Fora Renan, Fora Roriz", desta vez em Porto Alegre. Convocadas pelo PSOL, PSTU e PV, cerca de 150 pessoas se reuniram na Esquina Democrática, no centro da cidade, ouviram os discursos dos políticos, coletaram cerca de 200 assinaturas para um pedido de cassação dos senadores peemedebistas Renan Calheiros (AL) e Joaquim Roriz (DF) e depois caminharam pelas ruas da região gritando palavras de ordem contra a corrupção.

No alto de um pequeno palanque improvisado, Heloísa Helena anunciou que o PSOL poderá encaminhar notícia-crime ao Ministério Público, representação à Procuradoria-Geral da República e mandado de segurança ao Supremo Tribunal Federal (STF) se a Comissão de Ética do Senado não investigar as acusações contra Renan e Roriz. "Temos de dizer aos bandidos de terno e gravada do Congresso e do Palácio do Planalto que eles podem vir quentes que estamos fervendo e vamos mostrar a essa elitezinha cínica que não vamos deixar isso barato.

Gabeira, por sua vez, disse que não esperava que o povo tivesse de ir às ruas para exigir aquilo que os parlamentares já deveriam ter feito, a investigação do caso. Mas, como considera que o Congresso está se omitindo, conclamou a população a ir além das manifestações e também exigir esclarecimentos por cartas e telefonemas aos seus representantes políticos, aos jornais e às rádios.