Brasília

(AE) – PT e PL devem deixar de formalizar uma coligação em apoio ao nome do candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A informação foi dada ontem pelo candidato a governador de São Paulo José Genoíno (PT-SP). As assessorias dos dois partidos informam, porém, que ainda não há uma decisão fechada sobre o assunto. Ontem à noite, os presidentes nacionais do PT, deputado José Dirceu (SP), e do PL, Valdemar Costa Neto (SP), líder da legenda na Câmara, conversaram com as bancadas na Casa, em reuniões distintas. De acordo com a assessoria do PL, a decisão oficial será anunciada hoje, às 17 horas. A maior dificuldade para fechar uma aliança entre as duas siglas é que, no do Rio Grande do Sul, Maranhão, Rio de Janeiro, Rondônia, Pará e Tocantins, a coalizão não favoreceria os candidatos do PT e do PL a governador, senador e deputado.