São Paulo – Uma quadrilha tenta receber dinheiro de pessoas que tiveram o fundo Montepio da Família Militar, falido em 1981, com a promessa de resgatar a dívida na Justiça. Um aposentado do interior de São Paulo – que pediu que seu nome fosse mantido em sigilo – recebeu um telegrama no dia 1º de abril deste ano informando que deveria entrar em contato com advogados por causa de um “reembolso de Montepio”. Como o aposentado havia pago o fundo durante 4 anos e processado a empresa na época da falência, ele tinha esperanças de que agora fosse receber o dinheiro. Ao entrar em contato com o telefone dado, o aposentado foi orientado a depositar R$ 240 em uma conta corrente, que seria do escritório Novaes & Sakamoto Advocacia. O depósito daria início ao “processo” que poderia render “entre R$ 14 mil e R$ 20 mil”, segundo uma pessoa que se identificou como advogado “dr Laurindo”.