Foto: Aliocha Maurício/O Estado

Garotinho: está bom.

O ex-governador Anthony Garotinho, pré-candidato do PMDB a presidente da República, minimizou ontem em Limeira, interior de São Paulo, a queda de dois pontos percentuais na pesquisa Datafolha (caiu de 10% para 8%, caso o candidato do PSDB seja José Serra e caiu de 13% para 11%, caso o candidato tucano seja Geraldo Alckmin).

?Caí só dois pontos. O meu número ainda está bom. Não altera em nada minha disposição. Até porque só estou fazendo campanha internamente para o partido, na disputa pelas prévias que acontecerão no próximo dia 19. Lula cresceu porque só ele está em campanha. Ele aparece toda noite no Jornal Nacional. Está na mídia todo instante. Quando eu for lançado como o candidato do PMDB, vou crescer e embolar com o Lula?, disse Garotinho.

O ex-governador do Rio não tem dúvidas que vencerá a disputa contra o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, o outro pré-candidato do PMDB.

?Os dois por cento do Rigotto no Datafolha vão desanimar o pessoal que está com ele?, disse Garotinho.