Estão abertas a partir desta sexta-feira (22) as inscrições para o concurso público para preenchimento de 1500 vagas na Polícia Federal. Há vagas para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista.

Os salários variam entre R$ 12 mil até R$ 23 mil, dependendo do cargo escolhido e as inscrições custam de R$ 180 a R$ 250. As provas têm previsão de ocorrer no dia 21 de março.

As inscrições são de 22 de janeiro de 2021 até às 18h do dia 09 de fevereiro de 2021. Inscrição para o concurso da Polícia Federal.

As opções de vagas são divididas entre quatro cargos. São eles:

*Agente: 893 vagas – formação em nível superior;

*Escrivão: 400 vagas – formação em nível superior;

*Delegado: 123 vagas – formação em nível superior na área do Direito;

*Papiloscopista: 84 vagas – formação em nível superior.

Veja mais detalhes sobre o edital, disponível no Diário Oficial da União

Cargo de Delegado da Polícia Federal

Requisito: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido
por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e
comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial.

Atribuições: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação;
orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e
repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e
investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Remuneração: R$ 23.692,74.

Agente de Polícia Federal

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Remuneração: R$ 12.522,50.

Escrivão de Polícia Federal

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Remuneração: R$ 12.522,50.

Papiloscopista da Polícia Federal

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de reconhecimento, isolamento, fixação, coleta, acondicionamento, transporte, recebimento, processamento, armazenamento e descarte de fragmentos e impressões papilares, realização de exames e emissão de laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana e prosopografia; operar e gerir bancos e sistemas automatizados de identificação humana civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de identificação humana civil e criminal; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Remuneração: R$ 12.522,50.

Taxas de inscrição

Delegado de Polícia Federal: R$ 250,00;

Agente de Polícia Federal: R$ 180,00;

Escrivão de Polícia Federal: R$ 180,00;

Papiloscopista Policial Federal: R$ 180,00.

Veja mais detalhes sobre o edital, disponível no Diário Oficial da União