A reunião desta segunda-feira (25) no Ministério da Defesa funcionou como uma preparatória para a reunião do Conselho Nacional de Aviação Civil (Conac) marcada para a segunda quinzena de julho. Durante quase duas horas, os representantes apresentaram algumas sugestões como a elaboração de uma nova Lei Geral da Aviação Civil e de um novo Plano Aeroviário Nacional. Também foram apresentadas sugestões sobre a criação de um planejamento dos acessos aos aeroportos, sobre o fortalecimento da aviação regional e a recuperação do mercado internacional.

Foi solicitada a implantação das resoluções do Conac editadas em 2003, quando foram pedidos investimentos no setor, para evitar o caos que está sendo enfrentado agora.

No encontro, a presidente do Sindicato dos Aeroviários, Graziella Baggio, aproveitou para protestar pelo fato de o relatório elaborado pelo Grupo de Trabalho instalado no final do ano passado apontando todos os problemas do setor ter sido abandonado. Queixou-se, ainda do tratamento que está sendo dispensado aos controladores, que estão sendo punidos e afastados de seus cargos por determinação do comando da Aeronáutica.