Brasília – O Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral, continua fechado desde sexta-feira (28). A medida foi tomada na tentativa de manter a população longe de possíveis focos de contaminação por febre amarela, depois que dois macacos foram encontrados mortos na região. As vísceras dos macacos mortos foram enviadas para análise em São Paulo. Os resultados dos exames devem sair de 20 dias.

Representantes da Secretaria de Saúde do Distrito Federal e do Instituto Chico Mendes, responsável pela administração do parque, se reúnem hoje (2) à tarde para discutir a reabertura do parque.

Na segunda-feira (31), a Secretaria de Saúde do DF anunciou a liberação da entrada no Parque Nacional para todos que comprovassem, com a carteira de vacinação, que estão imunizados contra a doença.

Mas a assessoria do Instituto Chico Mendes informou que não recebeu da Secretaria nenhuma comunicação oficial sobre a liberação do acesso a quem já foi vacinado, e, por isso, o local não foi reaberto.