Pelo menos sete adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar ontem (15) acusados de furtar objetos de banhistas na zona sul do Rio. A maioria dos casos ocorreu na praia do Arpoador, mas também houve casos em Ipanema e Copacabana, entre a manhã e o fim da tarde.

Um rapaz de 18 anos foi preso por guardas municipais quando tentava engolir um pingente furtado. O tumulto causado pelos furtos assustou os banhistas, que reclamaram de arrastões.

A Polícia Civil, no entanto, informou que nenhuma das vítimas que registraram os casos nas delegacias da zona sul relatou a ocorrência de arrastão. Segundo a polícia, foram narrados furtos isolados, principalmente de cordões de ouro.(Fábio Grellet)