A rua do bairro de Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, onde surgiu um buraco de cerca de um metro de profundidade por 1,5 metro de largura permanece interditada, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A rua Eugênio de Medeiros, na altura da Rua Paes Leme e próxima à futura Estação Pinheiros do Metrô, foi bloqueada na segunda-feira. A previsão é de que a via seja liberada por volta das 12 horas.

No local passa uma rede de esgotos e, num nível mais baixo, existe uma galeria de águas pluviais. O buraco surgiu na faixa central e provocou afundamento de pista. Foi feito um reparo inicial e a rua acabou sendo totalmente interditada por precaução. Hoje está sendo colocada a capa asfáltica na área atingida pelo solapamento para que a pista possa ser liberada.