O salário mínimo será de R$ 1.039 em 2020, ultrapassando pela primeira vez a barreira dos mil reais – atualmente, a remuneração é de R$ 998. O anúncio foi feito pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, nesta sexta-feira (30).

A elevação da remuneração não será, entretanto, um aumento real, e sim uma correção da quantia atual pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). “Nós não temos, no PLDO [Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias], uma política de salário mínimo. Ela tem até o prazo de dezembro para ser anunciada pelo governo. Então, de forma direta, o que está colocado para o salário mínimo é simplesmente o salário mínimo do ano passado corrigido pelo INPC”, disse Rodrigues.

O secretário entregou o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) ao Congresso no início da tarde desta sexta-feira (30).

Latam aumenta número de voos saindo de Curitiba, inclusive internacionais