A Caixa Econômica Federal pagará, neste sábado (30), até R$ 1.000 no saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para 3,2 milhões de trabalhadores nascidos em fevereiro, que poderão sacar, no total, R$ 2,2 bilhões.

LEIA TAMBÉM:

>> Orkut dá sinais de que pode voltar; “ódio e desinformação não serão tolerados”

>> Saque de R$ 1.000 do FGTS: saiba como fazer o pedido do dinheiro pelo aplicativo

>> Saque do FGTS de R$ 1.000 começa em abril; vale a pena sacar para investir?

O banco libera os valores em lotes a cada sete ou dez dias, conforme o mês de aniversário do profissional. Os saques começaram no dia 20 para os nascidos em janeiro.

A movimentação do dinheiro é feita pelo aplicativo Caixa Tem, mas somente após a data estabelecida para a liberação, conforme calendário, que vai até 15 de junho.

O trabalhador deve acessar o aplicativo FGTS para verificar se receberá o dinheiro automaticamente no Caixa Tem ou se precisará fazer o pedido de liberação dos valores, procedimento que é feito no próprio aplicativo do FGTS. Depois, será preciso acessar o Caixa Tem a partir do dia em que o dinheiro for liberado, seguindo o calendário.

VIU ESSA? Aposentadoria por idade do INSS com 61 anos e meio em 2022? Veja quem consegue

Nos casos em que é necessário fazer a solicitação de saque por meio do aplicativo FGTS, a Caixa informou que o banco precisa de um “prazo mínimo para os procedimentos operacionais” para que o dinheiro seja liberado. Trabalhadores nascidos em janeiro, que já contavam com o dinheiro liberado no primeiro lote, do dia 20, relataram atraso no pagamento. O banco não detalhou, entretanto, qual a antecedência mínima para solicitar o saque e receber no lote definido no calendário.

Quando o recurso entra na conta que é movimentada pelo aplicativo Caixa Tem é possível transferir o valor para outra conta bancária, fazer Pix, pagar boletos e gerar código para saque em dinheiro.

Aplicativo instável e fila nas agências

No dia 19 de abril, véspera do primeiro saque extraordinário, o aplicativo FGTS apresentou instabilidade. Pelo app o trabalhador consegue saber se terá o saque de forma automática ou se precisará fazer a solicitação dos valores.

Em caso de falhas, uma das dicas é reinstalar o aplicativo ou fazer a atualização na loja de aplicativos do celular.

Na quarta (20), quando o saque começou para nascidos em janeiro, houve fila de mais de três horas na cidade de São Paulo. Nas unidades visitadas pela reportagem, nos bairros São Mateus, Sapopemba, Itaquera e Jardim Iguatemi, na zona leste da capital paulista, as filas nas agências da Caixa começaram por volta das 7h e mesmo quem chegou cedo enfrentou horas de espera, em alguns casos.

Pagamento dos valores é pelo Caixa Tem

O saque extraordinário do FGTS é feito por meio do aplicativo Caixa Tem, em uma poupança social digital aberta pela Caixa no nome do trabalhador.

No entanto, para saber se vai receber até R$ 1.000, o cidadão precisa, antes, fazer a consulta pelo app FGTS ou pelo site fgts.caixa.gov.br. Para a maioria dos trabalhadores, o dinheiro é liberado de forma automática. No entanto, há casos em que é necessário fazer a solicitação de saque.

A solicitação é feita apenas pelo aplicativo. No site, as funcionalidades são limitadas e só é possível consultar se tem direito e como será o pagamento.

Não é possível receber o FGTS extraordinário em outra conta

Ao abrir o aplicativo, o trabalhador com direito ao saque do FGTS poderá encontrar uma tela em que o sistema pergunta se quer cadastrar uma conta para receber os valores. No caso do saque extraordinário, não adianta fazer essa opção, pois o pagamento será apenas pelo Caixa Tem.

Ao receber na poupança social digital, é possível transferir o dinheiro para outro banco, sacar gerando um código de retirada, realizar uma transferência via Pix, pagar contas ou fazer compras.

Quem tem direito ao saque extraordinário

O cidadão com conta aberta no FGTS, que tenha saldo e não haja bloqueio do dinheiro, como no caso de quem optou pelo saque-aniversário. Ao todo, 42 milhões de trabalhadores vão receber cerca de R$ 30 bilhões.

O valor de até R$ 1.000 por trabalhador considera a soma dos saldos disponíveis em todas as contas abertas, tanto do atual empregador quanto dos antigos. Para saber se vai receber, é possível fazer a consulta no aplicativo e no site FGTS.

Passo a passo do cadastro para acessar o Caixa Tem

É preciso baixar o app, se cadastrar e, depois, movimentar o dinheiro. No Caixa Tem, é possível pagar contas, fazer compras, transferir o montante e sacar os valores. Para sacar, é necessário gerar um código.

O limite para saque no aplicativo é de R$ 1.200 por dia. Já para transferência ou pagamento, o valor máximo é de R$ 600 por transação e limitado a R$ 1.200 por dia.

O saque liberado pelo app pode ser concluído nos caixas eletrônicos, nas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Veja o que fazer:

– Baixe ou atualize o aplicativo no seu celular. Para isso, é só acessar a Google Play Store ou a Apple Store e baixar o app Caixa Tem

– O acesso é feito com CPF e senha; abra o app e informe o CPF e crie uma senha

– Para gerar senha será necessário seguir sete passos. Dentre as informações que deverão ser fornecidas estão: CPF, nome completo, número do celular, CEP, dia, mês e ano de nascimento e email

– Na próxima tela, crie uma senha, confirme a senha, vá em “Não sou um robô” e clique em “Cadastre-se”

– No seu primeiro acesso, você irá receber um código em uma mensagem SMS para confirmar sua identificação no APP

– Informe corretamente o número do seu telefone para receber o código; depois, digite-o e será possível usar os serviços do Caixa Tem

Transferência dos valores no Caixa Tem

– Entre no aplicativo

– Clique em “Transferir dinheiro”

– Informe se a transferência será feita digitando agência e conta ou se irá para um dos seus favoritos já cadastrados para transferência

– Digite agência, banco, conta, dígito e valor, informe o tipo de conta, o CPF, o nome de quem vai receber, o valor e confirme a operação

– Se quiser, salve o comprovante no celular ou envie por meio de WhatsApp

– Há limitação de transferência em até R$ 600 por operação e R$ 1.200 por dia; o dinheiro será enviado por DOC (Documento de Crédito) e cairá na conta no outro dia

Como sacar no Caixa Tem                       

– Abra o aplicativo Caixa Tem em seu celular

– Após digitar seu CPF e senha, clique em “Saque sem cartão”

– Na página seguinte, vá em “Gerar código para saque”

– Aparecerão orientações sobre como será o saque no caixa eletrônico, embaixo, clique em “Gerar código de saque”

– Digite sua senha do aplicativo Caixa Tem

– Na próxima tela, aparecerá o código. Ele tem validade de uma hora para ser usado no caixa eletrônico, nas lotéricas ou em um correspondente Caixa Aqui

– O saque é realizado sem cartão, então clique no botão “Entra” do teclado do caixa eletrônico

– Nessa tela, clique no botão “Saque Caixa Tem”

– Digite o número do seu CPF e, em seguida, digite o código gerado no aplicativo

– Escolha um valor para saque, apertando os botões ao lado, conforme as opções de valores que são oferecidas na tela. Se quiser outro valor, digite no teclado numérico do caixa eletrônico o quanto que sacar e, depois, aperte o botão “Entra”

Como desbloquear o acesso no Caixa Tem?

Há várias formas de desbloquear o acesso, dependendo do motivo. Em geral, a Caixa envia um email para o trabalhador. É preciso abrir esse email no próprio celular e clicar no link enviado. Se abrir pelo computador, haverá erro. Outra dica é atualizar o aplicativo na loja de apps do celular, apagá-lo e reinstalá-lo de novo e pedir.

Quando o próprio app Caixa Tem solicitar o envio dos documentos pessoais e foto do cliente, tudo pode ser feito pelo aplicativo.

Caso necessário, o desbloqueio pode ser feito em qualquer lotérica ou agência do banco. Para correção de dados, o cliente pode dirigir-se a uma agência com documento de identificação e pedir a regularização do cadastro.

Quem tem direito ao FGTS

Tem direito ao FGTS todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), e, também, trabalhadores domésticos, rurais, temporários, intermitentes, avulsos, safreiros (operários rurais que trabalham apenas no período de colheita) e atletas profissionais.

Pela lei, o empregador deposita todo mês 8% do salário do profissional em uma conta em nome dele. Na demissão sem justa causa o trabalhador pode fazer o saque, além de receber 40% de multa sobre o saldo do fundo.*

Veja o calendário de saque do FGTS 2022

Mês de nascimento Data de depósito – Quantos poderão sacar (em milhões) – Total liberado (em bi, em R$)

Janeiro – 20 de abril (quarta) – 3,9 – 2,7

Fevereiro – 30 de abril (sábado) – 3,2 – 2,2

Março – 4 de maio (quarta) – 3,5 – 2,5

Abril – 11 de maio (quarta) – 3,7 – 2,6

Maio – 14 de maio (sábado) – 3,8 – 2,7

Junho – 18 de maio (quarta) – 3,6 – 2,6

Julho – 21 de maio (sábado) – 3,5 – 2,5

Agosto – 25 de maio (quarta) – 3,4 – 2,4

Setembro – 28 de maio (sábado) – 3,4 – 2,6

Outubro – 1º de junho (quarta) – 3,5 – 2,5

Novembro – 8 de junho (quarta) – 3,2 – 2,4

Dezembro – 15 de junho (quarta) – 3,3 – 2,3

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora