Chegou nesta manhã a São Paulo o segundo grupo de refugiados palestinos vindos da Jordânia. Cerca de 35 pessoas desembarcaram no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos. Os refugiados viviam no campo de Ruweished, na Jordânia (a 70 quilômetros da fronteira com o Iraque), desde 2003. Outros 35 palestinos do mesmo campo já haviam chegado ao País em 21 de setembro e foram instalados em cidades do interior de São Paulo e do Rio Grande do Sul.

Com o apoio da ONU, um terceiro grupo, com 37 pessoas, deverá desembarcar no Brasil no dia 18. Com a decisão das autoridades brasileiras de receber o grupo, o campo de refugiados será definitivamente fechado. Eles foram acolhidos pelo governo brasileiro por meio do Programa de Reassentamento Solidário.

Durante quatro anos, o grupo enfrentou as temperaturas extremas do verão e do inverno no deserto da Jordânia, vivendo em tendas. Todos os palestinos fugiram do Iraque – a maioria de Bagdá – pouco após a invasão americana, em 2003, quando milícias xiitas passaram a perseguir e matar os palestinos.