A Defesa Civil de São Paulo liberou nesta segunda-feira 6 dos 22 imóveis interditados em decorrência do acidente com o Airbus A320 da TAM que em 17 de junho bateu contra um prédio da própria empresa após tentar pousar no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. Foram desinterditadas propriedades situadas nas ruas Baronesa de Bela Vista e Otávio Tarquínio de Souza.

Segundo a Defesa, os demais imóveis devem ser liberados ao longo do dia, conforme inspeções realizadas em conjunto com funcionários da Subprefeitura de Santo Amaro.