O senador Oriovisto Guimarães (PODE-PR) cobrou do presidente da CPMI mista das fake news, senador Angelo Coronel (PSD-BA) a exclusão da Gazeta do Povo da lista de sites apontados como divulgadores de notícias falsas.

Segundo o senador, a presença do jornal paranaense na lista mostra falha grotesca na elaboração do relatório da Consultoria Legislativa. “Assim que soube desta absurda classificação da Gazeta do Povo como sendo órgão produtor de fake news, indignado, dirigi-me ao presidente da CPMI das fake news, Senador Angelo Coronel (Bahia) e esclareci a ele o absurdo que estava acontecendo. O Senador Angelo Coronel me garantiu que tomará as providências necessárias para retirar o nome da nossa Gazeta do Povo desta lista, decididamente descuidada e elaborada com falhas grotescas”, disse Guimarães.

“Ainda na sessão do Senado nesta quinta-feira, 4/6/2020, farei pronunciamento de desagravo ao mais tradicional jornal paranaense, exigindo, por parte dos membros desta CPMI, um pedido formal de desculpas a Gazeta do Povo. Afinal, uma comissão parlamentar de inquérito que se dedica a combater as fake news precisa ser mais cuidadosa para não produzir mais uma fake news”, concluiu.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?