Com temperatura de 7ºC e sensação térmica próxima de 0ºC em São Paulo durante a madrugada, um morador de rua foi encontrado morto nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 15, na Cidade Tiradentes, zona leste da capital, com suspeita de hipotermia. Depois de fazer oito vítimas em julho, o frio voltou à capital paulista nesta semana, e a máxima registrada nesta quinta foi de 15ºC durante a tarde.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a sensação térmica ficou, em média, em 5ºC, na medição feita no Mirante de Santana, na zona norte. Na sexta-feira, 16, os termômetros devem subir um pouco mais, especialmente na parte da tarde, e a máxima deve ficar em torno de 19ºC. As baixas temperaturas, no entanto, devem permanecer no começo e no fim do dia, com mínimas entre 7ºC e 8ºC. “O tempo deve melhorar bastante durante o dia, teremos sol durante a tarde. Deve esfriar apenas durante a madrugada e a partir do fim da tarde”, afirma Marcelo Schneider, meteorologista do Inmet.

A previsão, porém, é de que o clima frio se mantenha durante todo o fim de semana, com pouco sol e a possibilidade de garoa no fim do dia. “Esta frente fria não é tão intensa como a de três semana atrás, mas o ar voltou a ficar seco. Hoje (ontem), a queda foi causada pela umidade vinda do oceano, mas no fim de semana outra onda de ar frio deve aumentar a nebulosidade”, explica o meteorologista.

De acordo com o Inmet, a temperatura só deverá voltar a passar dos 20ºC no começo da semana que vem. A nova frente fria chegou a São Paulo na quarta-feira, 14, quando a temperatura na cidade caiu pouco mais de 17ºC (de 27,6ºC para 10ºC) em menos de 24 horas. A queda dos termômetros veio acompanhada de ventos fortes e garoa em quase toda a capital.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) de São Paulo, a menor temperatura aferida na madrugada de ontem foi na região da Capela do Socorro e Parelheiros, na zona Sul da Cidade. Os termômetros apontaram 5,3ºC e 5,4ºC, respectivamente. A sensação térmica foi ainda menor.

Morte

O homem encontrado morto na madrugada desta quarta-feira em Cidade Tiradentes tinha, segundo a Polícia Militar, aproximadamente 27 anos e havia recusado abrigo. Ele foi achado por volta das 4h30, sem ferimentos, na calçada ao lado da entrada do Terminal de Ônibus da Cidade Tiradentes. A equipe do Samu, acionada pelos funcionários do terminal, constatou a morte no local e o caso foi registrado como morte suspeita.

Essa classificação é provisória, pois a causa da morte só será revelada após o laudo feito pelo Instituto Médico-Legal (IML), que só deve ficar pronto em 30 dias. Nenhum documento de identificação foi encontrado com o homem e o caso foi registrado no 49.º Distrito Policial (São Mateus).

Em julho, oito casos suspeitos de morte em decorrência do frio foram registrados em São Paulo, quando a cidade teve a menor temperatura máxima dos últimos 52 anos – no dia 24 de julho, os termômetros na capital paulista não passaram de 8,7ºC. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.