O ex-ministro Sergio Moro deve tomar nos próximos dois meses a decisão sobre uma possível candidatura para concorrer nas eleições de 2022. Segundo matéria publicada pelo jornal o Globo, no próximo mês Moro completa um ano de trabalho na empresa Alvarez & Marsal. O contrato com a consultoria previa o pagamento de multa caso ele deixasse a companhia antes de 12 meses de serviço prestado.

Com o fim dessa restrição, o ex-juiz ficaria livre para decidir se permanece na iniciativa privada ou se tentará algum cargo eletivo no próximo ano. Segundo pessoas próximas a Moro, ele tem demonstrado interesse em se aventurar na política e pode disputar a presidência ou mesmo uma vaga ao Senado.

Atualmente Sergio Moro vive com a família nos Estados Unidos. Segundo o líder do Podemos, senador Alvaro Dias (PR), o ex-ministro garantiu que vai se filiar a sigla.

Pantanal

Eugênio encontra Renato e Roberto à deriva

Além da Ilusão

Matias vê Úrsula descartar a barriga falsa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?