Os senadores continuam no plenário do Senado, no começo da tarde na sessão secreta que vai decidir o destino político do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Os discursos foram interrompidos para um lanche rápido. O andamento da sessão é transmitido à imprensa por deputados que saem e entram no plenário. Segundo o líder do PT na Câmara, Marcelo Ortiz (SP), o clima no plenário é de tranqüilidade e Renan está aparentemente tranqüilo. Ele disse que já falaram o líder do DEM, José Agripino, que defende a cassação de Renan, e o senador Francisco Dornelles (PP-RJ).