São Paulo (ABr) – Um terço das bolsas de estudo concedidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) beneficiará estudantes paulistas. Das 90.241 vagas oferecidas no próximo ano, 27.867 serão destinadas a alunos do estado de São Paulo, que concentra a maior parte das instituições do país.

O estado tem 329 instituições de ensino superior cadastradas no ProUni e será o que mais vagas terá no programa. O Paraná vai ficar com a segunda maior ofertas de bolsas, seguido pelos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

O objetivo do ProUni é dar bolsas integrais ou parciais a alunos carentes em instituições particulares de ensino superior. Em contrapartida, o governo concede às escolas isenção de alguns tributos. Em sua primeira edição, o programa ofereceu 112 mil bolsas em 1.142 instituições particulares de ensino superior. As bolsas são distribuídas conforme as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas isso não impede os alunos que não obtiveram nota igual ou superior a média de se cadastrarem no programa.

Os estudantes interessados em participar podem se inscrever até o dia 2 de janeiro pelo site do ProUni http://prouni-inscricao.mec.gov.br/prouni/. É preciso ter freqüentado o ensino médio em escola pública ou em escola particular com bolsa integral; ter prestado o Enem; ter renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo para bolsa integral e renda familiar de até três mínimos por pessoa para bolsa parcial.

No próximo ano, 1.388 instituições irão oferecer 130 mil bolsas.