Dois telões serão instalados no edifício-sede do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, para o público interessado em assistir ao julgamento em que os ministros do tribunal decidirão, a partir de amanhã (22), se aceitam ou não à denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República contra os acusados no esquema do "mensalão".

O acesso ao Plenário será restrito ao número de cadeiras disponíveis, com 246 lugares. Outras 47 cadeiras estarão reservadas à imprensa. A ocupação se dará por ordem de chegada. O julgamento no Supremo acontece de amanhã a sexta-feira, a partir das 10 horas. As sessões serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça e pela Rádio Justiça, inclusive pela internet. Estas informações foram fornecidas pelo site do STF (www.STF.gov.br).