O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Raphael de Barros Monteiro Filho, convidou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, para uma reunião hoje no STJ para discutir uma solução para a crise gerada entre as duas instituições depois que a lista sêxtupla enviada pela OAB para a escolha do novo ministro do tribunal foi rejeitada.

O Conselho Federal da OAB se reuniu na manhã de hoje e decidiu que somente depois da conversa entre os dois presidentes tomará alguma decisão sobre o que fazer diante da decisão do STJ. Três possibilidades estão sendo estudadas: o reenvio da mesma lista para o STJ, recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que um dos nomes sugeridos seja indicado para a vaga de ministro ou a remessa dos nomes para a escolha direta do presidente da República.