Brasília – O presidente do Superior Tribunal de Justiça, Edson Vidigal, indeferiu pedido de liminar da Agência Nacional de Transportes Terrestres que queria cassar decisão que isentava as empresas de transportes de cumprir o Estatuto do Idoso, no item em que garante pelo menos duas vagas nas linhas interestaduais. “Dinheiro não dá em árvore. Por mais verdes que sejam as folhas não se transmudam em dólares. Nem nos reais da nossa atual unidade monetária, que exibe uma mulher cega, ar desolado de quem ganhou e logo perdeu a última olimpíada. Não é fácil fazer lei sob as melhores intenções”, diz o ministro na decisão.