A companhia aérea TAM divulgou ontem à noite nota sobre os atrasos e cancelamentos de vôos registrados no período de sexta-feira passada até domingo. De acordo com a assessoria de imprensa da companhia, os problemas se deveram exclusivamente a problemas meteorológicos, que provocaram o fechamento de diversos aeroportos em todo o País.

A empresa esclareceu que foram afetados pelo mau tempo, durante o fim de semana, os aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Campinas, em São Paulo; Aracaju, em Sergipe; Caxias e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul; Navegantes e Criciúma, em Santa Catarina, e Curitiba e Foz do Iguaçu, no Paraná. Os aeroportos de Santiago, no Chile, Assunção e Ciudad del Este, no Paraguai, também tiveram suas operações interrompidas devido a problemas meteorológicos.

A TAM lembrou ainda que o Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, teve suas operações suspensas na sexta-feira, à noite devido à forte neblina, permanecendo fechado a partir das 19h50. Em decorrência disso, diversos vôos precisaram ser redirecionados para outros aeroportos. De sexta-feira a domingo, a empresa transportou cerca de 226.417 passageiros em seus vôos domésticos e internacionais.

Neste mesmo período, a TAM informa que atendeu 3.172 passageiros com a concessão de "vouchers" para pagamento de refeições, transporte e hospedagem em hotéis. Além disso, também determinou a suspensão da cobrança de taxas de remarcação e de reembolso de bilhetes durante os dias mencionados. A companhia afirma que todas as suas operações são feitas de forma transparente e dentro das normas estabelecidas pelo órgão regulador.